Escolha a Lâmpada certa para cada Ambiente

A escolha da lâmpada certa para seu ambiente pode ser o detalhe que diferencia uma sala de leitura aconchegante de um escritório impessoal e desconfortável. Das básicas lâmpadas incandescentes às modernas lâmpadas de LED, não são poucas as opções no mercado.

Adaptei este texto de uma reportagem da Revista Veja de 13 de junho de 2012, pois achei bem didático e bem prático pra quem vai começar a pensar no Projeto Elétrico da casa em breve.

LÂMPADA INCANDESCENTE

Característica: É a mais comum das lâmpadas. Emite luz de tom amarelado.

Vantagens: É barata e fácil de encontrar. Além disso, a lâmpada incandescente atinge 100% no índice de reprodução de cores (IRC). Medido numa escala de 0 a 100, o IRC representa a fidelidade de reprodução de cor que uma fonte de luz pode atingir. Quanto mais próximo de 100, menor será a distorção das cores do ambiente.

Desvantagens: Tem vida útil curta, entre 700 e 1.000 horas, e não é nada econômica. Apenas 5% da energia consumida por ela é convertida em luz: o restante se perde em forma de calor. Uma portaria do Ministério de Minas e Energia prevê a retirada desse tipo de lâmpada do mercado até 2016.

Opinião dos arquitetos: A falta de atrativos da lâmpada incandescente — não é bonita nem econômica — faz desse tipo de lâmpada o menos usado em projetos residenciais.

LÂMPADA FLUORESCENTE

Característica: Há variações de luz branca e amarela.

Vantagens: A lâmpada fluorescente é econômica e tem vida útil longa, entre 6.000 e 10.000 horas. Com um reator acoplado, as lâmpadas fluorescentes compactas eletrônicas podem ser instaladas no mesmo soquete das lâmpadas incandescentes, motivo pelo qual são as mais utilizadas em residências.

Desvantagens: Com um IRC baixo, entre 60% e 80%, a lâmpada fluorescente tende a distorcer a cor dos objetos e dar um clima impessoal ao ambiente. Além disso, nem todos os modelos podem ser regulados por dimmers.

Opinião dos arquitetos: A lâmpada fluorescente é mais requisitada por sua luminosidade do que pelo efeito decorativo — por isso vai bem em cozinhas, áreas de serviço e closets. As lâmpadas fluorescentes também podem ser usadas em banheiros, de maneira que a incidência de luz seja indireta. As lâmpadas fluorescentes devem ser instaladas atrás do espelho ou embutidas em nichos verticais nas suas laterais para evitar sombras no rosto.

LÂMPADA DE LED – Light Emitting Diode (Diodo Emissor de Luz)

Característica: Pode ser encontrada em diferentes tonalidades de branco, do azulado ao amarelado.

Vantagens: Tem vida útil de até 25.000 horas, é econômica (consome 80% menos energia na comparação com uma lâmpada incandescente), quase não distorce as cores (seu IRC varia entre 80% e 85%) e pode ser encontrada em várias tonalidades. Outra vantagem da lâmpada de LED é que, como não emite raios infravermelhos e ultravioleta, ela não faz desbotar os produtos sensíveis à luz, como papéis de parede, quadros e tecidos coloridos. Com tantos pontos positivos, a lâmpada de LED é considerada a lâmpada do futuro.

Desvantagens: O preço da lâmpada de LED ainda é um problema. Uma lâmpada de LED custa, em média, quarenta vezes o valor de uma incandescente comum.

Opinião dos arquitetos: A lâmpada de LED tem sido muito usada em nichos, prateleiras e para iluminar degraus de escadas. As fitas de LED, por exemplo, são fáceis de aplicar e permitem uma marcenaria menos espessa e mais delicada. Outra função da lâmpada de LED é facilitar a leitura, em luminárias articuladas fixadas à cabeceira da cama.

LÂMPADA HALÓGENA (DICROICA OU PAR)

Característica: A lâmpada halógena – dicróica e a PAR, mais usadas em projetos residenciais, possuem um refletor interno espelhado que direciona a luz.

Vantagens: Embora o gasto energético da lâmpada halógena seja similar ao das incandescentes, há modelos econômicos disponíveis no mercado que consomem até 30% menos energia que as lâmpadas comuns. Seu IRC fica próximo da porcentagem máxima.

Desvantagens: Esquenta mais do que as outras lâmpadas e tem vida útil curta, de cerca de 2.000 horas. Outro inconveniente da lâmpada halógena: os modelos de 12 volts, como as lâmpadas dicróicas, exigem a instalação de um transformador na rede elétrica.

Opinião dos arquitetos: Encontrada em diversos tamanhos, a lâmpada halógena é bastante versátil. Em um living, é interessante mesclá-la com outras fontes de luz, como velas, abajures e lareiras, para formar cenários. As lâmpadas dicróicas são uma boa escolha para realçar um quadro ou uma escultura, enquanto as lâmpadas PAR 20 costumam ser mais empregadas em banheiros e dentro de boxes, já que possuem uma lente que as protege da umidade.

Anúncios

Uma resposta em “Escolha a Lâmpada certa para cada Ambiente

  1. Pingback: Adegas | tijolosetecidos

Obrigada por comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s