Casa na Árvore Infantil

Ontem mostrei uma casa na árvore que era muito mais do que uma casa da árvore, pois quase dava para morar nela.

Mas o que me fascina mesmo são as casas na árvore “infantis”. Como já passei da idade de ter uma destas, fico imaginando uma casa para meus futuros filhos, hehe.

Separei algumas imagens da empresa Casa na Árvore para vocês verem cada modelo legal.

Com toda esta tecnologia de videogames, computadores… as crianças muitas vezes acabam trocando as brincadeira ao ar livre. Mas será que elas resistiriam a esta casa??

Ah, no site da empresa dá para ver o preço de alguns modelos.

Beijos e boa 4ª feira!

Anúncios

Casa na Árvore

Quem nunca sonhou em ter uma casa na árvore??

Esta casa é uma casa da árvore “tamanho adulto”. Ela tem três andares, uma varanda, uma área de estar e no andar superior tem dois pequenos sótãos onde é possível dormir. Só faltou uma cozinha e uma banheiro e daria para morar nela.

Eu adoraria ter uma casa como esta!!!

Pilar na Decoração

No último post eu mostrei alguns projetos que não têm pilar em um dos cantos. Hoje é o contrário. E se temos uma casa ou um apartamento que já veio com um pilar no meio da sala? Nem pensar em tirar! Que tal aproveitá-lo na decoração?

Neste projeto de André Vainer as colunas ficam soltas no meio do living. Elas seguem um estilo mais rústico, na mesma linha do teto. As colunas ainda foram aproveitadas para pendurar quadros. Imagem.

Nesta sala de jantar, projeto dos arquitetos Márcio Bariani e Alessandro Muzi, o pilar em concreto aparente foi mantido. Além disso, os arquitetos escolheram para a decoração pendentes sobre a mesa de jantar de aspecto industrial. Imagem.

Neste projeto de uma cobertura na Vila Madalena, em São Paulo, desenvolvido pelo coletivo WHYDESIGN, a (enorme) viga de concreto fica aparente deixando o estar com ar despojado. Imagem.

Nesta cozinha, projeto da arquiteta Tieko Matsuda, a coluna foi mantida, pintada na cor fúcsia e foi aproveitada para exibir a coleção de pratos. Imagem.

Neste ambiente, projeto do Superlimão, algumas paredes, parte do teto e o enorme pilar central mantiveram o aspecto bruto do concreto. Imagem.

No banheiro deste loft na Alemanha a coluna foi usada para separar o chuveiro da pia. O loft foi projeto pelo designer belga Bruno Erpicum num antigo armazém.

A estrutura da coluna, neste projeto do arquiteto Marcelo Lelis, foi revestida de mosaico português. Do lado esquerdo da coluna a marcenaria previu uma adega e do lado direito um louceiro. Imagem.

Neste projeto de Fernanda Marques, de uma cobertura em São Paulo, a estrutural central foi aproveitada para pendurar um enorme e colorido quadro. Eu amei este quadro. Deu o colorido que o living precisava.

Beijso e até mais!

Cantos sem Pilar

Desde que eu pensei em morar numa casa nunca passou pela minha cabeça não contratar um arquiteto. Podemos ter várias ideias, nos inspirar com revistas e com blogs, mas nada disso compensa (em minha opinião, claro) a experiência do arquiteto.

Por isso sempre que eu vejo um projeto eu gosto de reparar nos detalhes arquitetônicos. Detalhes que muitas vezes têm a função somente de enfeitar o projeto, mas que fazem toda a diferença.

Um detalhe que eu reparei em alguns projetos é quando o canto da casa não tem pilar. O formato “tradicional” de uma edificação seria uma laje com 4 pilares, sendo um em cada canto. Nestes casos sem pilar, tira-se o pilar e a laje fica em balanço.

Muitas vezes esta “técnica” é utilizada para não bloquear a vista. Vejam só estes projetos:

Ambiente projetado pela arquiteta Patrícia Martinez para a Casa Cor São Paulo.

Casa na Austrália projetada pelo arquiteto Jorge Hrdina.

Mesma casa da foto de cima.

Casa “Treehouse” em Los Angeles do escritório de arquitetura Rockefeller Partners .

Projeto do escritório Dick Clark .

Projeto do escritório Kanner Architects .

Casa da Ju do Blog Dias a Dois .

Que quarto mais delícia!

Casa em Madri projetada pelo escritório de arquitetura A-cero.

Eu gosto muuuito deste detalhe!!

Claro que tudo isto deve ser feito de acordo com o Projeto Estrutural. Por favor, não tirem nenhum pilar do projeto de vocês sem antes conversar com o Eng. Civil.

Beijos,

Déb