Obra – Semana 38 – Impermeabilização – Onde Precisa Fazer

IMPERMEABILIZAÇÃO

A impermeabilização está sendo feita por etapas (a primeira parte da impermeabilização foi feita semana 34), conforme as áreas vão ficando prontas.

Este é o projeto das áreas a serem impermeabilizadas na cobertura. O que está em rosa é que precisará de impermeabilização… mas este projeto não está completo. Tem áreas que também serão impermeabilizadas e que não estão identificadas aí.

TeT_1_impermeabilizacao_cobertura

Sobre a garagem será impermeabilizada a calha que coletará a chuva dos telhados (rosa), a área onde ficarão as condensadoras dos ares-condicionados do térreo (verde) e as marquises da garagem e da entrada (azul).

TeT_2_impermeabilizacao_superior

Sobre o andar superior serão impermeabilizadas as áreas da calha e das condensadoras do andar superior, da caixa d’água e aquele cantinho atrás da caixa d’água (rosa). Também serão impermeabilizadas as marquises dos três quartos (azul). A caixa d’água será impermeabilizada por dentro (fundo e mais uns 20 cm de altura) e também por cima.

Além destes lugares também será necessário impermeabilizar a piscina, as áreas do box do banheiros, as áreas da fachada que receberão revestimento em pedras e as varandas (coberta e descoberta).

Vejam o que já foi feito da impermeabilização:

TeT_3_impermeabilizacao_calha

Calhas impermeabilizadas sobre a andar superior e sobre a garagem.

TeT_4_impermeabilizacao_calha_marquise

Calha já impermeabilizada sobre a garagem e a marquise ainda não.

TeT_5_impermeabilizacao_calha_condensadoras

Esta parte mais larga da calha é onde ficarão as condensadoras.

TeT_6_impermeabilizacao_caixa_dagua

Dentro da caixa d’água foi impermeabilizado o fundo e mais uns 20 cm de altura.

TeT_7_impermeabilizacao_caixa_dagua

Sobre a caixa d’água… ali no canto vai ficar o dreno.

TeT_8_impermeabilizacao_caixa_dagua

Detalhe da impermeabilização. Aqui foi usada a manta alumínio, que fica nesta cor prateada.

TeT_9_impermeabilizacao_caixa_dagua_atras

Este é o cantinho atrás da caixa d’água. Ainda não foi impermeabilizado, pois ficou faltando fazer um ralo.

TeT_10_impermeabilizacao_manta_aluminio

Esta é a manta alumínio que foi usada nestas áreas. Nas marquises será usado outro tipo de impermeabilização (manta líquida). Quem definiu o tipo de impermeabilização para cada ambiente foi a própria empresa que contratamos.

LAREIRA

TeT_11_lareira_obra

Lareira no início da semana.

TeT_12_lareira_obra

Lareira quase pronta, esperando o reboco.

TeT_13_lareira_obra

Lareira vista pelo lado de fora.

AQUECIMENTO SOLAR

TeT_14_aquecimento_solar_boiler

Nossos boilers também chegaram… achei o volume bem exagerado (2 x 400 L), mas optamos por dividir o volume em dois boilers pra economizar mais energia.

TeT_15_aquecimento_solar_boiler

Depois vou falar mais sobre o sistema de aquecimento solar.

TELHADO – MADEIRA

TeT_16_madeira_telhao

Chegou a madeira para o telhado, eba!

GARAGEM – CONCRETAGEM

TeT_17_concretagem_laje_garagem

A concretagem da garagem era pra ter sido feita na semana passada, mas novamente a empresa furou conosco. Como as concretagens agora são de volumes pequenos, a empresa não está tendo o comprometimento que gostaríamos. Quando agendamos esta concretagem avisamos que a distância da rua até o local da concretagem era grande (uns 30 m). Depois de furarem duas vezes no horário marcado, na terceira vez eles foram com a bomba errada, que não alcançava a distância de 30 m.

Quanta coisa nesta semana, né? O post ficou bem carregado de fotos, do jeito que eu gosto!!

***

Semana 38: 29 de junho a 05 de julho de 2015

Anúncios

Obra – Semana 18 – Concretagem da Piscina e das Lajes do Baldrame

Esta semana todas as lajes do baldrame foram concretadas e a piscina também. Olhem como ficou:

TeT_1_concretagem_laje

Todo o térreo já concretado.

TeT_2_concretagem_piscina

Piscina.

TeT_3_concretagem_piscina_borda_infinita

Borda infinita da piscina.

TeT_4_concretagem_piscina_spa

Spa.

TeT_5_concretagem_piscina_casa_maquinas

Laje da casa de máquina da piscina.

Logo após a concretagem da piscina nosso mestre de obras pediu para comprarmos cloro para evitar mosquitos da dengue, já que agora fica muita água acumulada na piscina.

Nesta semana já começamos a comprar as lajes pré-moldadas e treliçadas e o aço para o andar superior.

Obrigada pela visita!

***

Semana 18: 09 a 15 de fevereiro de 2015

Obra – Semana 8 – 3ª Concretagem do Muro… Semana Difícil

CONCRETAGEM DO MURO – 3ª ETAPA

Ufa! Até então esta foi a semana mais estressante da obra.

Finalmente nesta semana conseguimos fazer a 3ª concretagem do muro, mas não foi fácil.

Na semana passada tivemos que adiar a concretagem por causa da chuva, que acabou arrastando um monte de terra para dentro das fôrmas.

Adiamos a concretagem, mas estava difícil conseguir agendar um novo horário para esta semana. No fim, conseguimos um encaixe, mas o encaixe acabou atrasando.

O estresse foi porque tinha previsão de chuva forte e por causa do atraso da concretagem tinha a possibilidade do meu condomínio não liberar a entrada do caminhão betoneira depois de um determinado horário. Tive que ligar implorando para o concreto vir o mais rápido possível.

A minha preocupação não era atraso da obra, mas, sim, segurança. Se a obra atrasar 2 ou 3 meses não tem problema. O problema seria a chuva desmoronar um pouco mais do barranco.

No fim conseguimos concretar, mas foi um dia exaustivo.

Meu arquiteto pediu para nos programarmos para que não tenha dias de chuva entre a escavação e a concretagem, mas isto não é uma tarefa fácil. Primeiro porque a concretagem é bem difícil de agendar e segundo porque confiar na previsão do tempo não é tarefa fácil.

LIGAÇÃO ELÉTRICA

Nesta semana precisamos alugar uma máquina para cortar o asfalto e poder finalizar a ligação elétrica. Pagamos o aluguel da máquina por um dia e ainda pagamos o desgaste do disco que foi medido após o corte do asfalto.

Depois disso a ligação elétrica ficou pronta e o mestre de obra nos informou que já podemos solicitar a ligação na CELESC.

COMPRANDO COMPENSADOS

Meu mestre de obras pediu para comprarmos 50 folhas de compensado naval 17 mm. Liguei para várias lojas e nada de achar compensado com esta espessura… só encontrava com 15 ou 18 mm. Aí falei com o mestre de obras e ele disse para eu comprar o de 18 mm, então. Mas fiquei encucada e fui pessoalmente numa loja que trabalha somente com compensados. Lá acabei descobrindo que o compensado que eu precisava comprar era o compensado plastificado e não o compensado naval.

Um resuminho do que eu aprendi:

O Compensado Naval é de cor de madeira clara com espessuras de 15 e 18 mm, entre outras.

TeT_compensado_naval

Já o Compensado Plastificado é preto, com espessura de 17 mm, entre outras.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Gostei desta definição de Compensado Plástico: “A Chapa Compensada Plastificada é recomendada para o uso externo em fôrmas para concreto com necessidade de alto índice de aproveitamento, inclusive concreto aparente”.

No meu caso, comprei o Compensado Plástico para usar para fazer as fôrmas da laje da piscina.

***

Semana 8: 01 a 07 de dezembro de 2014.

Obra – Semana 5 – 1ª Concretagem do Muro

Na 5ª semana de obra foi feita a primeira concretagem do muro… olhem como foi:

TeT_1a_concretagem_muro_1

Fôrmas preparadas para receber o concreto. Olhem a quantidade de escoras para suportar a força da bomba injetora. Estamos no começo da obra e já compramos muuuitas escoras, de tamanhos variados (3, 4 e 6 metros).

TeT_1a_concretagem_muro_2

Esta concretagem foi só de um pedacinho do muro… olhem tudo o que falta ainda.

TeT_1a_concretagem_muro_3_caminhao_betoneira

Caminhão-betoneira trazendo o concreto.

TeT_1a_concretagem_muro_4_bomba_injetora

Bomba injetora já lançando o concreto.

TeT_1a_concretagem_muro_5_drenos

Drenos de PVC para a drenagem da água do terreno vizinho.

TeT_1a_concretagem_muro_6_bomba_injetora

Olhem a enormidade disso!!!

***

Nesta primeira concretagem foram encontradas algumas pequenas pedras que fizeram com que o muro ficasse um pouco mais largo do que este previsto, ou seja…  mais consumo de concreto ($$$). Depois que as fôrmas forem retiradas vamos ver como vai ficar a parte estética, né?

Até a próxima concretagem!!

Déb

***

Semana 5: 10 a 16 de novembro.

Comprando Aço e Concreto

Oi pessoal, tudo bem com vocês?

Já compramos todo o aço e concreto para a obra do muro e queria dividir algumas dicas com vocês.

COMPRANDO AÇO

O aço pode ser comprado em barras, para ser cortado e dobrado na própria obra, ou há a opção de já comprá-lo dobrado, pagando um pouco mais caro.

Nós nem pensamos muito e escolhemos comprar o aço em barras para ser dobrado na obra, já que a mão-de-obra do pedreiro já estava inclusa no m² que estávamos parando no muro.

Tenho um amigo que também está construindo e ele chegou a orçar o preço do aço já cortado e dobrado, mas não amarrado, para analisar o que valia mais a pena. Então ele conversou para o pedreiro dar um desconto e ele achou que não valia a pena e acabou comprando o aço em barras mesmo.

Comprar o aço foi fácil. Fizemos alguns orçamentos e negociamos muuuuito.

Ah, um detalhe. No projeto estrutural sempre consta o tipo de aço a ser comprado (CA-25, CA-50, CA-60), a bitola (6,3 mm; 8,0 mm; …) e a quantidade de aço em metros e em peso. O valor do peso normalmente incluiu 10% a mais para as perdas. Quando eu fui orçar, para as empresas mais especializadas eu informava o peso total de aço por bitola. Já algumas empresas achavam estranho quando eu falava o peso, então eu convertia a extensão total em metros para uma quantidade de barras (1 barra tem 12 metros) e considerava os 10% de perda. Olhem na imagem abaixo como vem o quantitativo no projeto.

TeT_comprando_aço_para_obra

Ah, muitos lugares chamam o aço de ferro e eu achava estranho. Aí pesquisando acabei aprendendo que o aço é uma liga metálica composta principalmente de ferro e de pequenas quantidades de carbono (em torno de 0,002% até 2%) e que aços estruturais para construção civil possuem teores de carbono da ordem de 0,18% a 0,25%.

COMPRANDO CONCRETO

Já comprar o concreto foi um pouco mais complicado, por dois motivos.

O primeiro é que parece que vai ter uma mudança no Plano Diretor de Florianópolis e as construtoras estão correndo para concretar a fundação, pois quem já estiver concretado até uma data específica não vai estar suscetível à mudança do plano diretor, então as concreteiras não querem pegar serviços pequenos.

O outro motivo é que nosso muro deverá ser concretado em partes, então precisaremos comprar pequenos volumes para cada etapa e muitas concreteiras não querem pegar serviços assim.

Inicialmente iríamos precisar de vários lotes de concretos de 3 m³. Depois mudou para 6 m³ e depois para 8 m³, que é a capacidade máxima do caminhão betoneira. Aí apareceu outro problema: como meu terreno é inclinado o caminhão betoneira não consegue subir quando ele está totalmente cheio, então para a concretagem de cada parte do muro precisamos de 2 caminhões, um com 6 m³ e outro com 2 m³.

Mas, enfim, para fazer o orçamento levamos dois aspectos em consideração: o preço do m³ do concreto e o preço da bomba injetora de concreto. Acho que no fim até conseguimos um preço legal negociando estes dois itens.

***

Aço, concreto, madeira, arames, pregos, espaçadores, tubos… comprados. Que comece a obra do muro!