Bancadas Brancas na Cozinha – Quais pedras/materiais usar?

A origem deste post foi a dúvida de um leitor. Fiz um post de inspiração de cozinhas com bancadas brancas e a dúvida do Gustavo foi:

Olá, quais são as opções para pedra branca na pia e bancada?”.

Pesquisei um pouco para responder para ele. Uma coisa é certa: a variedade de pedras que podem ser usados nas bancadas de cozinha é enorme, tanto de pedras naturais, quanto de pedras industrializadas, além de outros materiais. Vamos ver?

SILESTONE – Superfície de Quartzo

Como eu falei neste post, o Silestone é o nome de uma marca de uma rocha industrializada formada principalmente de quartzo. Acho liiiindo, mas também muito caro.

Gosto muito do Silestone ser produzido em chapas grandes, evitando emendas na bancada. Pelo fato de ser industrializado, ele é um material bem homogêneo, o que eu considero uma qualidade. Além do preço elevado, outra desvantagem é que ele não é muito resistente a altas temperaturas.

TeT_bancada_branca_cozinha_1_silestone

Adoro armários brancos na cozinha (nestes aqui a frente é em vidro branco) com moldura de madeira clarinha. A bancada é em Silestone polar cap. Projeto da decoradora Eliane Furlanetto. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_2_silestone

Na cozinha quase toda branca o destaque fica com as pastilhas de vidro vermelhas. Os armários são em MDF revestido com laminado melamínico e puxadores de alumínio escovado e a bancada é em Silestone. Projeto da arquiteta Deborah Vasallo. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_3_silestone

Cozinha com bancada em Silestone Branco Zeus. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_4_silestone

Cozinha descontraída (muita cor e muita estampa) com bancada branca em Silestone. Projeto do arquiteto André Largura e da designer de interiores Giovana Kimak. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_5_silestone

Ah, e o Silestone também pode ser usado nas pias. Este aqui é o Silestone Branco Zeus. Imagem.

Alguém tem Silestone instalado em casa? Já teve algum problema de manchas ou devido a temperaturas altas? Tenho medo de investir num material caro e sem querer apoiar uma panela quente e estragá-lo.

GRANITO – Rocha Natural

Bem, sobre o granito eu também já falei um pouco aqui neste post. É a pedra mais em conta para ser usada na bancada da cozinha. Comparativamente ao Silestone e ao Corian, é um material mais poroso, portanto mais suscetível a manchas.

Quanto a esta questão de mancha, tem muito a ver com a cor. Eu tenho granito preto na minha cozinha (há mais de 6 anos) e ele está perfeito, mesmo já tendo caído todo tipo de comida nele. Já o do banheiro (não sei o nome, mas é um bege) tem uma manchinha de ferrugem e uma de óleo. 😦

Bem, já que estamos falando de bancadas brancas, uma desvantagem é que não existem granitos realmente brancos. Os granitos que são chamados de brancos puxam o cinza ou para o bege. O que vemos são granitos clarinhos, como o Itaúnas, Siena, Cristal, Marfim, Dallas, Fortaleza, Aqualux, Desireé…

TeT_bancada_branca_cozinha_6_granito

A Jéssica do blog Vivendo em 42 m² escolheu o granito branco Itaúnas.

TeT_bancada_branca_cozinha_7_granito

A Fabi do blog Dicas do Novo Apê também escolheu o granito branco Itaúnas, mas ela teve problemas com manchas, que vocês podem ver aqui.

TeT_bancada_branca_cozinha_8_granito

Bancada da cozinha em granito branco Siena. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_9_granito

Bancada da cozinha em granito branco Dallas. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_10_granito

Bancada da cozinha em granito branco Desireé. Imagem.

MARMOGLASS – Superfície Cristalizada de Vidro

O Marmoglass é um material industrializado produzido com cristais de vidro e pó de mármores e tem várias vantagens: é resistente, não risca com facilidade, sua cor é uniforme e a absorção de líquidos é praticamente nula.

Apesar de todas estas vantagens, li a seguinte recomendação de uma marmoraria que me deixou preocupada: “Não é muito indicado para confecção de bancadas por conta da dificuldade que as marmorarias em geral têm, em fazer cortes e acabamentos perfeito em suas bordas e junções de saias e guarnições”. Por outro lado, vários outros sites não fazem esta restrição.

TeT_bancada_branca_cozinha_11_marmoglass

Bancada da cozinha em Marmoglass branco. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_12_marmoglass

Bancada da cozinha em Marmoglass branco. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_13_marmoglass

Bancada da cozinha em Marmoglass branco. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_14_marmoglass

Bancada da cozinha em Marmoglass branco. Imagem.

Alguém tem alguma experiência de bancada de Marmoglass instalada para contar como foi? Porque olhando as fotos achei o resultado lindo!

NANOGLASS – Superfície Cristalizada de Vidro (com nanotecnologia)

O Nanoglass é uma evolução do Marmoglass, ou seja, é um Marmoglass onde foi utilizado nanotecnologia.

E se você está procurando uma pedra realmente branca, encontrou! O Nanoglass é produzido somente na cor branca: o branco perfeito!

TeT_bancada_branca_cozinha_15_nanoglass

Bancada em Nanoglass. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_16_nanoglass

Bancada da cozinha em Nanoglass. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_17_nanoglass

Bancada da cozinha em Nanoglass. Imagem.

CORIAN – Superfície Acrílica

O Corian é um material sintético (± 1/3 de resina acrílica e ± 2/3 de minerais naturais) bem resistente a manchas (não é poroso) e arranhões. Como ele é um material moldado, se torna muito versátil, pois você pode fazer no formato que quiser (as emendas não aparecem) e com os detalhes que quiser (frisos, etc.) Aqui vou mostrar bancadas com Corian na cor branca, mas a gama de cores é enorme. E as desvantagens? A baixa resistência ao calor (resiste ao calor de até 150 graus, acima disso é indicado utilizar apoio para panelas) e o preço alto.

TeT_bancada_branca_cozinha_18_corian

A bancada branca foi toda moldada em Corian. Devido a sua pouca resistência ao calor, a bancada recebeu suportes para as panelas do lado do cooktop. Imagem.

Sub_Estudio

Adoro esta cozinha cheia de contrastes de cor e de estilo. A bancada é de Corian branco (da DuPont) e o tampo da mesa, que se prolonga da bancada, também é. A cuba também é de Corian, moldada na própria bancada. O projeto foi realizado pela equipe de arquitetas Isabel Nassif, Julia Masagão, Renata Pedrosa e Marina Portolano.

TeT_bancada_branca_cozinha_20_corian

Bancada (com duas alturas) em Corian branco e cuba em aço inox. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_21_corian

Já neste projeto a cuba foi moldada em Corian junto à bancada. Imagem.

CAESARSTONE – Superfície de Quartzo

Caesarstone também é uma rocha industrializada feita principalmente de quartzo. Assim como o Silestone, Caesarstone é o nome de uma marca.

TeT_bancada_branca_cozinha_22_caesarstone

A arquiteta e urbanista Isabel Cristina Maus optou por uma bancada branca em Caesarstone. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_23_caesarstone

Neste projeto da arquiteta Thaisa Camargo um balcão fixo de madeira fica apoiado na bancada branca de Caesarstone. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_24_caesarstone

Bancada branca em Caesarstone. Imagem.

TeT_bancada_branca_cozinha_25_caesarstone

Bancada em grossa em Caesarstone. Imagem.

TECHNISTONE – Superfície de Quartzo

Então, como eu falei antes Silestone e Caesarestone são nome de marcas de superfícies de quartzo. Estas, pelo menos para mim, são as marcas mais conhecidas, mas também existem outras marcas, como a Technistone, por exemplo.

TeT_bancada_branca_cozinha_26_technistone

Bancada em Technistone. Imagem.

QUARTZ STONE – QUARTZO CHINÊS – Superfície de Quartzo

O Quartz Stone, também conhecido como Quartzo Chinês, promete ser uma superfície de quartzo mais em conta e se for mesmo é um bom candidato para ser usado lá em casa!

TeT_bancada_branca_cozinha_27_quartzstone_quartzochines

A Bruna do blog Comprando Meu Apê optou pelo Quartzo Chinês branquinho.

TeT_bancada_branca_cozinha_28_quartzstone_quartzochines

Ilha em Quartzo Stone White na Casa 4×30, projeto dos escritórios CR2arquitetura e FGMF Arquitetos.

TeT_bancada_branca_cozinha_29_quartzstone_quartzochines

Cozinha cheia de contrastes de cores e de texturas: parede com blocos de concreto aparente e piso de cimento queimado e bancada de alvenaria com azulejos coloridos e com tampo e laterais de Quartzo Stone. Imagem.

Puxa, a variedade é grande mesmo, né? O que vai definir a escolha são as vantagens e desvantagens de cada material.

Ah, é sempre bom lembrar que o Mármore e o Limestone, por serem muito porosos, não são recomendados pra serem usados na cozinha.

Beijos,

Déb

Anúncios

Cozinhas Marrons

Selecionei mais alguns movéis de cozinha, mas desta vez com a madeira num marrom “médio”, nem tão claro, nem tão escuro.

Nesta cozinha a mesma madeira marrom dos armários foi usada no teto. Adorei. Outro detalhe que eu gostei muito é que a mesinha (onde estão as duas banquetas) tem rodinhas, podendo ser movida ao longo da bancada.

Imagem.

Nesta cozinha o armário foi projetado com grandes portas de correr que escondem os eletrodomésticos.

Esta madeira já é um pouco mais rústica.

Beijos e bom findi!

Cozinhas com Madeira Escura

Recentemente eu mostrei algumas cozinhas com armários na cor branca (aqui, aqui e aqui). A pedidos da minha mãe :), fiz uma seleção de cozinhas com madeira escura. Vejam só:

Nesta cozinha foram usados móveis em madeira marrom escuro e alguns detalhes em marrom mais claro.

Cozinha com todos os móveis em madeira escuro, mas com a bancada clara. Os armários têm várias prateleiras para deixar os utensilhos expostos (e organizados).

A bancada clara ajuda a deixar o ambiente mais “leve”.

Mais um projeto com madeira escura e bancada clara.

Nestes projetos a madeira escura foi combinada com alguns armários em madeira branca.

Obs.: Essa semana foi super corrida e não consegui postar nada 😦
Vou ver se consigo aproveitar o feriado para me dedicar mais ao blog 🙂

Bom feriado para todos!!

Beijos

Granito X Silestone – Quanto Custa?

Bem, para saber quanto custa nada melhor do que fazer alguns orçamentos, né? Para isso entrei em contato com algumas marmorarias da Grande Florianópolis.

Eu pedi que eles me informassem o valor mínimo e o valor máximo do m² do granito e do Silestone. Vejam os preços (out/2012) do m²:

Vocês perceberam que a maioria dos granitos custa até R$ 700,00/m²? Mas ele pode custar muito mais se for feito com algum material mais “exótico”.

Já o Silestone inicia em R$ 650,00/m², ou seja, o Silestone mais barato custa praticamente o mesmo que o granito mais caro.

xoxox

Granito X Silestone

Vocês já devem ter ouvido falar de granito e de Silestone, mas, qual a diferença entre eles? Qual é melhor? Quanto custa? Vamos conhecer um pouco mais sobre estes materiais:

Qual a diferença de granito e de Silestone?

O granito é uma rocha natural, enquanto que o Silestone é uma rocha industrializada composta por 94% de quartzo, outros minerais em menor escala, resina de poliéster e pigmentos.

Na verdade o Silestone é o nome de uma marca, assim como, por exemplo, o Techinostone ou o Marmoglass.

Quais as vantagens e desvantagens de cada um deles?

Em termos de qualidade o Silestone é melhor do que o granito, pois ele é menos poroso e também é mais resistente a agentes químicos. Isto faz com que ele seja mais resistente a manchas e riscos.

Outra vantagem do Silestone é que ele está disponível em chapas de grandes dimensões, o que permite conseguir grandes formatos, obtendo peças com poucas juntas.

Silestone Série Zen – Cor Gedatsu.

Apesar do Silestone ser um material resistente a temperaturas de até 230 graus, não é recomendável colocar panelas e utensílios recém tirados do forno sobre ele, pois a repetição frequente deste gesto pode danificar a superfície, como acontece em qualquer material ou superfície plástica. Para o granito também não recomenda-se colocar panelas quentes diretamente sobre o granito.

(No meu apê eu tenho granito preto na cozinha e eu sempre apoio as panelas quentes diretamente sobre o granito. Talvez por ser preto, nunca deu nenhum problema :)).

Além das vantagens apresentadas acima, as pedras de Silestone podem ser encontradas em diversas cores. Veja um catálogo super completo aqui.

A grande desvantagem do Silestone em relação ao granito é o seu custo.

Silestone mancha?

O site da Silesnone diz: “…altamente resistente a manchas e riscos…”. Ou seja, o site não diz que ele não macha. Mas, por ele ser menos poroso que o granito, com certeza ele mancha menos que o granito.

Quanto custa cada um deles?

No geral, o Silestone é mais caro. Estou aguardando o orçamento de algumas marmorarias e logo vou postar os valores aqui.

Até mais!

Déb

Cozinhas Brancas

Lembram que eu comentei sobre a cozinha da minha prima? Agora ela está fazendo os projetos dos móveis e está em dúvida sobre fazer a cozinha toda branca com a bancada clara ou branca com a bancada preta ou ainda branca com detalhes em madeira. Para ajudar um pouco fiz uma seleção de cozinhas com estas características.

Vejam as cozinhas brancas:

Projeto do designer de interiores Francisco Cálio. Imagem.

Como o ambiente é todo branco os proprietários optaram por cadeiras bem coloridas.

Nesta cozinha as cadeiras vermelhas também ficaram em evidência.

Na cozinha de seu próprio apartamento a arquiteta Beatriz Meyer optou pelo branco pra os móveis e também para as bancadas, que são feitas de resina sintética branca. Imagem.

As cozinhas brancas são aquelas para não enjoarmos nunca e que combinam com tudo.

Esta parece uma cozinha típica de apartamentos: comprida e estreita.

Beijos,

Déb

Eficiência da Coifa Funcionando como Depurador

Imagem.

Lembram da minha pergunta no último post que eu fiz sobre coifas?

Recapitulando: E se eu quiser instalar a coifa somente na função depurador para evitar o quebra-quebra de parede num apartamento já pronto? A eficiência continua a mesma?

Para saber a resposta desta pergunta entrei em contato com seis fornecedores. Minha ideia era entrar em contato por e-mail ou por algum formulário de contato via site, pois eu sempre confio mais numa resposta escrita e também eu poderia publicar a resposta exatamente como ela veio escrita e não com as minhas palavras, mas nem todas as empresas disponibilizam estes meios de comunicação.

Minha pergunta: Gostaria de saber se a coifa instalada apenas como depurador tem a mesma capacidade de sucção se instalada na função exaustor? Isto é, nos catálogos é informada uma capacidade de sucção ou de vazão. Este valor vale tanto para o modo exaustor quanto para o modo depurador de uma coifa?

Vou colocar a resposta na íntegra de cada empresa, ok? Da maneira que eles escreveram, isto é, não vou corrigir os erros de português. E também vou colocar só a resposta final, pois, na primeira resposta algumas empresas não responderam a pergunta e eu reescrevi dizendo que minha dúvida não havia sido respondida.

Vejam as respostas (listei as empresas em ordem alfabética):

* Brastemp (via telefone, já que não disponibilizam e-mail, nem formulário de contato e o chat não estava funcionando): Eles me responderam que a coifa instalada na função depurador possui a mesma eficiência que a coifa instalada na função exaustor. Eu achei que o atendente não deu muita atenção a minha pergunta.

* Eletrolux: Minha pergunta para eles era para ser genérica, ou seja, era para abranger todas as coifas que podem funcionar também na função de depurador, entretanto o formulário de contato do site exigia que eu escolhesse o modelo de alguma coifa. Escolhi aleatoriamente o modelo 90CT. Eles me ligaram por telefone para dar a resposta, específica para o modelo 90CT. A atendente disse que este modelo tem vazão livre de 1040 m³/h e no caso de ser instalada no modo depurador esta capacidade seria reduzida em 50%, ou seja, 520 m³/h.

* Elettromec: “Nós sempre divulgamos a vazão livre que é de 1200. A vazão sempre depende da instalação mesmo expelindo o ar para fora como exaustor dependendo da distância e curvas há perdas. Em média estamos falando de parâmetros máximos de 1200 a mínimos de 820. Mas depende da instalação. Como depurador há uma perda de 10%. EX Se sua coifa é instalada na parede e esta mesma parede da para fora, não havendo grandes distância vamos falar em 1100 de vazão se for como depurador 990. Perda de 10%. Mais estes padrões até 820 de vazão são suficientes para uma boa sucção desde que em condições ideais, tipo sem corrente de ar na cozinha”. Gostei da resposta, pois, além de responder a pergunta, o atendente ainda deu mais algumas explicações sobre a variação da vazão em função da instalação.

* Falmec: “A coifa instalada como depuração perde em torno de 10% de sua capacidade, pois a mesma trabalha com o filtro de carvão ativado”. Clara e objetiva.

* Fischer: A Fischer me mandou uma tabela com vários modelos de coifa e com a capacidade delas funcionando sem carvão ativado (exaustor) e com carvão ativado (depurador). Fiz os cálculos e, dependendo do modelo, a capacidade da coifa no modo depurador é de 10 a 20% menor. Gostei da resposta em forma de tabela, pois ficou bem claro para ver as diferenças.

* Tramontina: “Permanece com o mesmo poder de sicção”.

Resumindo, algumas empresas (Brastemp e Tramontina) responderam que a vazão continua igual e outras (Eletrolux, Elettromec, Falmec e Fischer) responderam que a capacidade diminui quando a coifa funciona no modo depurador. Segundo as respostas, esta redução é de, no mínimo, 10%.

Gostaram deste tipo de post?

Beijos