Obra – Semana 9 – 4ª Concretagem do Muro e Escavação para Sapatas

CONCRETAGEM DO MURO – 4ª ETAPA

Esta semana tivemos um grande contratempo na 4ª concretagem do muro. Quando a máquina estava retirando a terra para então fazermos a última concretagem, começou a vazar um mooonte de esgoto do sumidouro do vizinho. Um monte mesmo, parecia uma cachoeira… Eca! O problema é que o solo do nosso terreno é muito pouco permeável e o esgoto do sumidouro do vizinho tinha formado um caminho preferencial até o nosso terreno… Enfim, este vazamento de esgoto acabou com a nossa programação de ser a última concretagem do muro, pois só conseguimos concretar metade do planejado esta semana. =(

TeT_1_concretagem_muro

ESCAVAÇÃO – SAPATAS

A notícia boa é que com a obra do muro acabando, a obra da casa finalmente começou a andar. No início desta semana foram feitas as primeiras escavações para as sapatas.

TeT_2_sapatas

Vista geral das sapatas… não estão todas aí.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Obra vista dos fundos do terreno.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Obra vista de frente.

LIGAÇÃO ELÉTRICA

Esta semana pedimos a ligação de luz na CELESC. Nos deram um prazo de 3 a 5 dias para a ligação ser feita.

LIGAÇÃO DE ÁGUA

O mestre de obra nos informou que já podemos solicitar a ligação de água.

***

Semana 9: 08 a 14 de dezembro.

Anúncios

Obra – Semana 8 – 3ª Concretagem do Muro… Semana Difícil

CONCRETAGEM DO MURO – 3ª ETAPA

Ufa! Até então esta foi a semana mais estressante da obra.

Finalmente nesta semana conseguimos fazer a 3ª concretagem do muro, mas não foi fácil.

Na semana passada tivemos que adiar a concretagem por causa da chuva, que acabou arrastando um monte de terra para dentro das fôrmas.

Adiamos a concretagem, mas estava difícil conseguir agendar um novo horário para esta semana. No fim, conseguimos um encaixe, mas o encaixe acabou atrasando.

O estresse foi porque tinha previsão de chuva forte e por causa do atraso da concretagem tinha a possibilidade do meu condomínio não liberar a entrada do caminhão betoneira depois de um determinado horário. Tive que ligar implorando para o concreto vir o mais rápido possível.

A minha preocupação não era atraso da obra, mas, sim, segurança. Se a obra atrasar 2 ou 3 meses não tem problema. O problema seria a chuva desmoronar um pouco mais do barranco.

No fim conseguimos concretar, mas foi um dia exaustivo.

Meu arquiteto pediu para nos programarmos para que não tenha dias de chuva entre a escavação e a concretagem, mas isto não é uma tarefa fácil. Primeiro porque a concretagem é bem difícil de agendar e segundo porque confiar na previsão do tempo não é tarefa fácil.

LIGAÇÃO ELÉTRICA

Nesta semana precisamos alugar uma máquina para cortar o asfalto e poder finalizar a ligação elétrica. Pagamos o aluguel da máquina por um dia e ainda pagamos o desgaste do disco que foi medido após o corte do asfalto.

Depois disso a ligação elétrica ficou pronta e o mestre de obra nos informou que já podemos solicitar a ligação na CELESC.

COMPRANDO COMPENSADOS

Meu mestre de obras pediu para comprarmos 50 folhas de compensado naval 17 mm. Liguei para várias lojas e nada de achar compensado com esta espessura… só encontrava com 15 ou 18 mm. Aí falei com o mestre de obras e ele disse para eu comprar o de 18 mm, então. Mas fiquei encucada e fui pessoalmente numa loja que trabalha somente com compensados. Lá acabei descobrindo que o compensado que eu precisava comprar era o compensado plastificado e não o compensado naval.

Um resuminho do que eu aprendi:

O Compensado Naval é de cor de madeira clara com espessuras de 15 e 18 mm, entre outras.

TeT_compensado_naval

Já o Compensado Plastificado é preto, com espessura de 17 mm, entre outras.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Gostei desta definição de Compensado Plástico: “A Chapa Compensada Plastificada é recomendada para o uso externo em fôrmas para concreto com necessidade de alto índice de aproveitamento, inclusive concreto aparente”.

No meu caso, comprei o Compensado Plástico para usar para fazer as fôrmas da laje da piscina.

***

Semana 8: 01 a 07 de dezembro de 2014.

Obra – Semana 7 – Semana Perdida

Então, a obra continua focada principalmente no muro de contenção. Cada etapa do muro tem terraplanem, montagem das fôrmas e das armaduras e então vem a concretagem.

Nesta semana estava tudo pronto para a 3ª concretagem e então… choveu. Tivemos que cancelar a concretagem porque as fôrmas encheram de terra. 😛

Tivemos que esperar o solo secar para desenformar, remover a terra e então montar as formas novamente. Agendamos então a 3ª concretagem do muro somente para a próxima semana.

Seguem algumas fotinhos desta semana:

TeT_terraplanagem

Terraplanagem no início da semana. Agora está sendo usado um equipamento bem menor do que o que foi usado durante a primeira terraplanagem da obra.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Muro com lonas de proteção para evitar que caia terra novamente dentro das fôrmas.

***

Semana 7: 24 a 30 de novembro.

Obra – Semana 6 – Muro, Instalação Elétrica e Fôrmas

CONCRETAGEM DO MURO – 2ª ETAPA

Na semana 6 foi feita a concretagem da 2ª etapa do muro. A ideia era fazer a concretagem da 3ª etapa nesta mesma semana, mas não foi possível porque a entrega do concreto da 2ª etapa atrasou algumas horas. 😦

Para cada etapa do muro é feita a terraplanagem, depois as fôrmas são montadas e depois vem o concreto. Quando uma parte atrasa, acaba atrasando todas as outras partes.

No final da semana as fôrmas da 1ª e da 2ª etapa foram retiradas. Vejam só:

TeT_1_muro_contencao_concreto

Concretagem da 2ª etapa e… tem uma pedra no meio do caminho. Depois eu conto como vai ficar esta questão da pedra.

TeT_2_muro_contencao_concreto

Fôrmas retiradas. Aqui dá para ver como o muro ficou um pouco mais largo na parte de baixo.

INSTALAÇÃO ELÉTRICA

TeT_3_intalacao_eletrica

Finalmente a estrutura da ligação de energia começou a ser feita… ainda estamos usando a energia do vizinho. 😛

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quase tudo pronto.

FÔRMAS

TeT_5_formas_inicio_obra

Não é só o muro que está sendo feito agora. Olhem a quantidade de fôrmas prontas para a casa. De pouquinho em pouquinho a casa está saindo do papel. 🙂

***

Semana 6: 17 a 23 de novembro.

Obra – Semana 5 – 1ª Concretagem do Muro

Na 5ª semana de obra foi feita a primeira concretagem do muro… olhem como foi:

TeT_1a_concretagem_muro_1

Fôrmas preparadas para receber o concreto. Olhem a quantidade de escoras para suportar a força da bomba injetora. Estamos no começo da obra e já compramos muuuitas escoras, de tamanhos variados (3, 4 e 6 metros).

TeT_1a_concretagem_muro_2

Esta concretagem foi só de um pedacinho do muro… olhem tudo o que falta ainda.

TeT_1a_concretagem_muro_3_caminhao_betoneira

Caminhão-betoneira trazendo o concreto.

TeT_1a_concretagem_muro_4_bomba_injetora

Bomba injetora já lançando o concreto.

TeT_1a_concretagem_muro_5_drenos

Drenos de PVC para a drenagem da água do terreno vizinho.

TeT_1a_concretagem_muro_6_bomba_injetora

Olhem a enormidade disso!!!

***

Nesta primeira concretagem foram encontradas algumas pequenas pedras que fizeram com que o muro ficasse um pouco mais largo do que este previsto, ou seja…  mais consumo de concreto ($$$). Depois que as fôrmas forem retiradas vamos ver como vai ficar a parte estética, né?

Até a próxima concretagem!!

Déb

***

Semana 5: 10 a 16 de novembro.

Obra – Semana 4 – Muro: Dobrando as Barras de Aço

Oi pessoal!! Tudo bem?

Nesta semana recebemos o aço que compramos e os pedreiros começaram a dobrá-lo conforme o projeto estrutural. Vejam algumas fotinhos:

TeT_recebendo_aço

Recebendo o material.

TeT_dobrando_aço_1

Casinha que os pedreiros fizeram para trabalhar.

TeT_dobrando_aço_2

Barras de aço dobradas!

TeT_dobrando_aço_3

Visitando a obra com os sogros.

***

Semana 4: 3 a 9 de novembro.

Comprando Aço e Concreto

Oi pessoal, tudo bem com vocês?

Já compramos todo o aço e concreto para a obra do muro e queria dividir algumas dicas com vocês.

COMPRANDO AÇO

O aço pode ser comprado em barras, para ser cortado e dobrado na própria obra, ou há a opção de já comprá-lo dobrado, pagando um pouco mais caro.

Nós nem pensamos muito e escolhemos comprar o aço em barras para ser dobrado na obra, já que a mão-de-obra do pedreiro já estava inclusa no m² que estávamos parando no muro.

Tenho um amigo que também está construindo e ele chegou a orçar o preço do aço já cortado e dobrado, mas não amarrado, para analisar o que valia mais a pena. Então ele conversou para o pedreiro dar um desconto e ele achou que não valia a pena e acabou comprando o aço em barras mesmo.

Comprar o aço foi fácil. Fizemos alguns orçamentos e negociamos muuuuito.

Ah, um detalhe. No projeto estrutural sempre consta o tipo de aço a ser comprado (CA-25, CA-50, CA-60), a bitola (6,3 mm; 8,0 mm; …) e a quantidade de aço em metros e em peso. O valor do peso normalmente incluiu 10% a mais para as perdas. Quando eu fui orçar, para as empresas mais especializadas eu informava o peso total de aço por bitola. Já algumas empresas achavam estranho quando eu falava o peso, então eu convertia a extensão total em metros para uma quantidade de barras (1 barra tem 12 metros) e considerava os 10% de perda. Olhem na imagem abaixo como vem o quantitativo no projeto.

TeT_comprando_aço_para_obra

Ah, muitos lugares chamam o aço de ferro e eu achava estranho. Aí pesquisando acabei aprendendo que o aço é uma liga metálica composta principalmente de ferro e de pequenas quantidades de carbono (em torno de 0,002% até 2%) e que aços estruturais para construção civil possuem teores de carbono da ordem de 0,18% a 0,25%.

COMPRANDO CONCRETO

Já comprar o concreto foi um pouco mais complicado, por dois motivos.

O primeiro é que parece que vai ter uma mudança no Plano Diretor de Florianópolis e as construtoras estão correndo para concretar a fundação, pois quem já estiver concretado até uma data específica não vai estar suscetível à mudança do plano diretor, então as concreteiras não querem pegar serviços pequenos.

O outro motivo é que nosso muro deverá ser concretado em partes, então precisaremos comprar pequenos volumes para cada etapa e muitas concreteiras não querem pegar serviços assim.

Inicialmente iríamos precisar de vários lotes de concretos de 3 m³. Depois mudou para 6 m³ e depois para 8 m³, que é a capacidade máxima do caminhão betoneira. Aí apareceu outro problema: como meu terreno é inclinado o caminhão betoneira não consegue subir quando ele está totalmente cheio, então para a concretagem de cada parte do muro precisamos de 2 caminhões, um com 6 m³ e outro com 2 m³.

Mas, enfim, para fazer o orçamento levamos dois aspectos em consideração: o preço do m³ do concreto e o preço da bomba injetora de concreto. Acho que no fim até conseguimos um preço legal negociando estes dois itens.

***

Aço, concreto, madeira, arames, pregos, espaçadores, tubos… comprados. Que comece a obra do muro!

Obra – Muro de Contenção: Pedra ou Concreto?

Então, como já falei antes, nosso terreno é inclinado, por isso estamos focados na obra do muro de contenção antes de começar mesmo a obra da casa.

O arquiteto nos apresentou duas opções de materiais para o muro: pedra ou concreto armado. Vejam os projetos feito pelo engenheiro:

MURO DE PEDRA:

TeT_muro_contencao_pedra

MURO DE CONCRETO ARMADO:

TeT_muro_contencao_concreto

Marido e eu tivemos que analisar as vantagens e desvantagens destes materiais.:

ESTÉTICA: Acho os muros de pedra lindíssimos, conforme vocês puderam ver no post anterior. O muro de concreto não acho tão bonito, mas, se quisermos, dá para pensar num revestimento para ele.

ESPAÇO: O muro de pedra ocupa uma área maior no terreno, já que ele começa com uma largura maior e depois vai diminuindo. O de concreto tem uma largura constante, ocupando uma área menor.

MÃO-DE-OBRA: Os muros de pedra devem ser executados por empresas especializadas. Já para o muro de concreto é mais fácil encontrar mão-de-obra.

PREÇO: Fiz um orçamento prévio para o muro de pedra e me passaram o valor de R$ 370,00 a R$ 450,00 por m². Neste valor está incluso todos os materiais, transportes e a mão de obra. Só não está incluso a terraplanagem, caso necessário. Já para o muro de concreto é um pouco mais difícil de quantificar, pois depende do preço da mão de obra e do preço dos vários materiais (aço, arame, concreto, madeira para as fôrmas e para as escoras, espaçadores).

***

NOSSA ESCOLHA

Apesar de o nosso terreno ser grande, ele é estreito e comprido. Este muro de contenção fica do lado esquerdo do terreno e, por causa de um erro de projeto (tivemos até que diminuir o tamanho da varanda), cada centímetro era importante, por isso optamos pelo muro de concreto e quem irá executar será nosso empreiteiro.

Quanto ao preço para fazer o muro em concreto ainda não sei dizer, mas quem sabe depois consigo calcular um valor aproximado por m². Mas pelo o que estamos gastando acredito que os preços devem ficar equivalentes.

Muros de Pedra – Inspirações

No último post falei sobre o muro de contenção que teremos que fazer no nosso terreno. Uma opção seria fazer este muro em pedra. Separei alguns tipos que eu gosto. Olhem só:

TeT_muro_pedra_1_bolao

Muro de pedra bolão amarela. Imagem.

TeT_muro_pedra_2_bolao

Muro de pedra bolão amarela. Imagem.

TeT_muro_pedra_3_bolao

Muro de pedra bolão. Imagem.

TeT_muro_pedra_4_bolao

Muro de pedra bolão e pedra de rio. Imagem.

TeT_muro_pedra_5_sao_tome

Muro de pedra São Tomé. Imagem.

TeT_muro_pedra_6_rachao

Muro de pedra rachão. Imagem.

TeT_muro_pedra_7_rachao

Muro de pedra rachãoImagem.

TeT_muro_pedra_8_rachao

Mesma casa da foto de cima. Imagem.

TeT_muro_pedra_9

Muro lindo de pedra com nichos para vasos. Imagem.

TeT_muro_pedra_10

Imagem.

TeT_muro_pedra_11

Imagem.

TeT_muro_pedra_12

Imagem.

TeT_muro_pedra_13

Imagem.

TeT_muro_pedra_14

Imagem.

TeT_muro_pedra_15

Imagem.

TeT_muro_pedra_16

Imagem.

TeT_muro_pedra_17

Pedras em cortes irregulares compõem o muro deste projeto assinado pelo paisagista Luiz Lima para a Casa Cor Rio de Janeiro. Bromélias e ripsális foram plantadas nos espaços entre as pedras. Imagem.

Gostaram?

Ah, não sei se todas as fotos acima são de muro de contenção, mas lá em casa tem que ser. Fiz um pré-orçamento de quanto custaria um muro de contenção feito com pedras aqui na Grande Florianópolis… no próximo post eu conto.