Armários para Armazenar Garrafas de Vinhos e outras Bebidas

Quem acha que é demais ter uma adega subterrânea ou uma adega climatizada dá para pensar em ter um móvel especial para armazenar vinhos (e outras garrafas de bebidas também).

Vejam algumas ideias:

Dá para fazer nichos na ilha da cozinha.

Outra opção é esta estante da Adega do Colecionador. Projeto de Priscila Baliú e Silvia Franchini para a Casa Cor SP 2010.

Quem sabe aproveitar o espaço embaixo da escada? Imagem.

O proprietário, apreciador de vinhos, queria um lugar de destaque para armazená-los na sala. As arquitetas Fabiana Avanzi e Tininha Loureiro projetaram um armário em nicho onde as garras ficam apoiadas em mão-francesa numa inclinação de 3 graus, de modo a manter a rolha sempre molhada. Também houve preocupação de se escolher um lugar longe de fontes de calor, a fim de evitar alterações na bebida. Imagem.

Neste projeto do escritório de arquitetura Audrey Matlock Architect a adega é encaixada sob a bancada da cozinha. Reparem que o armário com a adega tem rodinhas e é móvel.

Projeto das arquitetas Kátia El Badouy e Adriana Bellão para a Casa Cor Campinas 2009. Imagem.

Adorei esta adega de ferro e madeira de uma casa de veraneio em Trancoso (BA). Imagem.

Nesta cozinha da Casa Cor Paraná 2008, as arquitetas Francelisa Rebesco e Jaqueline Siebert pensaram num móvel ao redor da bancada da pia com nicho para uma adega climatizada e ainda com espaço para armazenamento de mais garrafas de vinho. Imagem.

Este é móvel de madeira é bem flexível. É uma opção para quem não quer fazer um móvel embutido específico para vinhos. Vi para vender aqui por R$ 530,10.

Beijooos,

Déb

Anúncios

Adegas Climatizadas

Oi pessoal,

Hoje trouxe alguns ambientes com adegas climatizadas. No meu apê eu tenho uma, mas ela fica “perdida” do lado do sofá. Na casa nova vou querer colocar ela num espacinho especial.

Vejam as ideias que eu selecionei:

Você não precisa ter uma adega subterrânea para revestir a parede com caixas de vinho. Neste projeto da arquiteta Luita Trench a adega ganha destaque no aparador amarelo.

Será que uma parede assim combina na minha casa?

Bem, nesta casa combinou muito bem, não? Olha a adega lá no fundo.

Loft da Designer, por Angela Tasca, designer de interiores, para a Casa Cor SP 2010.

Esta é uma ideia que eu gosto muito: colocar a adega na bancada da cozinha. Eu a-do-ro esta luminária também.

Alguns detalhes para observar: teto de laje aparente, armário sem puxadores (basta um leve toque para abrir as portas) e piso de madeira.

Nesta sala, a estante expõe bebidas e objetos de arte popular distribuídos de forma organizada em nichos de 35 x 38 cm. A simetria da peça só é quebrada, de modo proposital, pelo aparador que se encaixa na parte inferior do móvel, criando um nicho para a adega. Esta é uma ideia que eu gosto muito também. Imagem.

Neste projeto não foi feito um móvel embutido para a adega. A adega climatizada foi colocada sob um aparador de madeira de demolição. Sob o aparador uma bandeja com taças e outras bebidas.

Neste projeto da arquiteta Carla Pontes a adega climatizada também foi colocada na bancada da cozinha. A bancada foi executada em peroba-rosa de demolição pelo designer Paulo Alves. Imagem.

Esta cozinha tem, além da (enorme) adega climatizada, um armário projetado para armazenar mais garras de vinho. Imagem.

Espaço 3M na Campinas Decor 2012, assinado pelo designer de interiores Beto Tozi.

Adegas

No final de semana marido e eu fomos para o Chile. Aproveitamos a viagem para comprar um pouco de vinho para nós (para ele, na verdade, porque eu não gosto) e alguns para dar de presente. Estava preocupada sobre como trazer as garrafas, mas no fim foi tudo tranquilo. Todas chegaram inteirinhas. 🙂

Aproveitando o embalo dos vinhos, resolvi fazer hoje um post sobre um assunto que eu já queria ter falado há muito tempo: ADEGAS.

Queria falar deste assunto, pois na casa dos meus pais vai ter uma adega e quis selecionar algumas imagens de inspiração para eles.

Gosto muito desta adega misturando pedras, madeira escura e vidro. Detalhe para a escadinha para poder alcançar as garrafas lá do alto.

Adega de Queijos e Vinhos projetada pelos arquitetos Felipe Chang, Karina Trindade e Luciana Beck para a Casa Cor SC 2010.

O teto traz um diferencial pelo uso de placas de madeira que faz alusão de um porão transformado em um magnífico local de apreciação de vinhos.

Para a iluminação foram empregadas luzes amarelas, utilizadas para descansar os olhos e proporcionar momentos agradáveis ao lado de pessoas especiais. O espaço conta ainda com três adegas climatizadas.

Mais pedra neste projeto de Kelly Deck. Pedra combina muito com adega, né? Imagem.

Linda esta adega com decoração ao mesmo tempo rústica e requintada. Projeto de Fabio Galeazzo.

Neste projeto a madeira foi combinada com placas de mármore Chess Marrom. Veja mais ambientes com este revestimento aqui.

Esta adega foi projetada pelas arquitetas Deborah Wilcox e Beatriz Slaib para a Casa Cor RJ 2009.

No piso foram utilizadas pastilhas de coco. A estante (muito criativa, com desenho de jogo da velha) foi feita com aço corten. A iluminação tem spots embutidos e cordões luminosos que não colocam em risco a qualidade do vinho. Imagem.

Na Adega do Apreciador, ambiente projetado por Sammya Cury e Ana Paula Trajano para a Casa Cor Amazonas 2010, foram utilizadas caixas de vinhos para revestir a parede. Boa ideia. Será que é fácil encontrar estas caixas?

Esta adega, localizada numa residência em Austin, Texas, já tem um estilo mais moderno. Imagem.

Espero que meus pais gostem e outros amantes de vinhos também!

Beijos,

Déb